Como eu vivo sem lactose?

foto-1
Quem me acompanha a mais tempo, sabe que eu sofro de uma restrição alimentar chamada Intolerância à lactose, por causa disso, meu organismo não consegue digerir bem alimentos que contém esse tipo de açúcar do leite, causando alguns “efeitos” nada confortáveis no meu corpo. Descobri minha intolerância a pouco mais de dois anos e, desde então, minha vida mudou abruptamente. Sempre amei tudo que tinha leite e queijo e descobrir que tinha que me privar disso não foi nada legal, principalmente porque não conseguia encontrar médicos, nutricionistas ou até mesmo blogs que me ajudassem a entender melhor o problema e, assim, parei radicalmente de comer tudo o que tinha leite e a tentar descobrir sozinha alimentos que não tinham. Uma coisa bem bacana é que ultimamente muitas marcas vem lançando produtos sem lactose e até alguns restaurantes vem esclarecendo no cardápio a composição completa dos pratos.

Como sei que muita gente também sofre da falta de informação sobre este  problema, resolvi fazer este post, mostrando as marcas/ produtos que uso para viver uma vida “mais normal”! Lembrando que eu não sou médica nem nada, tá gente? Aqui é simplesmente minha opinião como intolerante.

1. Lactosil: Esse “remedinho” milagroso é a coisa mais importante que eu levo na minha bolsa. Ele deve ser usado no preparo de alimentos que contém leite e funciona como se “quebrasse” o efeito da lactose no nosso organismo.
A minha experiência de uso é um pouquinho diferente, antes de ingerir um alimento que contém leite eu despejo um sachêzinho num copo com água e tomo. No meu corpo o efeito é o mesmo de colocá-lo no preparo do alimento, não sei se funciona com todo mundo, mas a minha Gastroenterologista já me informou que não tem problema eu usar o lactosil assim. Confirme com o seu gastro também! 😉 A faixa de preço dele, pelo menos aqui no Recife, é R$60, mas o preço salgadinho vale muito a pena, porque além do efeito ser incrível, a caixinha vem com muitos sachês, o que sai em média R$2,00 por sachê.

foto2

2. Produtos Verde Campo Lacfree. Eu definitivamente amo a Verde Campo, porque ela me proporcionou o prazer de comer queijo depois de muuuuuuuuuuuuuito tempo sem comer. A linha de produtos sem lactose deles é muito extensa em relação a queijos, iogurtes e coalhada e uma coisa muito boa é que ultimamente tem sido fácil encontrar os produtos verde campo em diversos supermercados da cidade. Confere aqui os pontos de venda da sua cidade.

foto-3

3. Produtos Piracanjuba + Creme vegetal Becel. A marca Piracanjuba é outra que tem um espacinho bem grande no meu coração. Isso porque eu descobri que eles acabaram de lançar uma nova linha sem lactose que abrange, dentre outros, creme de leite e leite condensado sem lactose. SIM! CHOREM, INIMIGAS! Isso é incrível para quem tem intolerância, não vejo a hora de comprar meu leite condensado e comer uma panela de brigadeiro interinha na maior emoção ❤ Ah! lembrando que o Néscau não contém leite, então meu brigadeiro vai ficar igualzinho ao normal!  Ainda não encontrei os novos produtos aqui no Recife, mas vou procurar bem direitinho e falo a vocês. Confere aqui a linha de produtos deles.

Para mim, a Becel Original (lembrando que os outros cremes vegetais possuem leite), funciona como manteiga. Claro que o sabor não é o mesmo, mas dá para usar em frituras, bolos e outras coisas que necessitem de manteiga ou margarina.

foto-4

 

Tá vendo só que dá para viver bem sem lactose? Graças a Deus existem produtinhos que não me fazem mais chorar com a ausência de leite na minha vida. Ah! E aproveita que tá aqui e dá uma olhadinha nas receitas #lacfree que já rolaram aqui no blog, clicando aqui, uma mais delícia que a outra, hahaha.

Comenta aí sobre o seu caso de lactose e o que você achou do post! E não esquece de deixar seu precioso like aqui abaixo. 😉

Beijo,
Jú.

Anúncios

Pra cumê e pra bebê: Panqueca de goiabada sem lactose

DSCN0131Hoje ia sair o primeiro vídeo do canal do blog no Youtube, mas não deu. Não entendo como gravar um vídeo e editá-lo seja tão difícil, mas é quase coisa de outro mundo e não quero colocar no ar uma coisa que ficou “mais ou menos”, né? Então prefiro fazer um vídeo bem lindinho para vocês se inspirarem.

Hoje eu resolvi fazer uma receita super fácil e deliciosa: Panqueca de goiabada sem lactose. Isso mesmo, sem lactose! ❤ Quem ainda não tinha visto o antigo post, eu sou intolerante a lactose, então tenho uma certa dificuldade em comer “qualquer coisa”. Mas também fiz a versão da receita com lactose, para quem não tem esta mesma dificuldade.

Olha só os ingredientes: pra-cumê-e-bebê

O leite que eu uso, é o Piracanjuba 0% lactose.

Modo de preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador, até virar uma mistura cremosa.
Coloque um pouquinho de óleo na frigideira e quando estiver bem quente, meça a quantidade do creme com uma concha de feijão. Quando um lado já estiver assado, vire-o com a ajuda de um garfo (ou se você for expert, dê aquela viradinha na frigideira).

Para finalizar, derreta no microondas por 1 minuto uma colher cheia de goiabada com um pouquinho de água. Depois é só derramar a geleia que se formou na massa de panqueca e enrolar até ficar como na imagem. Ah! se você preferir, corte pedacinhos de queijo e deixe-o derreter através do contato com a geleia já quentinha. (fica muito amor!) Agora é só ser feliz. ❤

DSCN0131

 

Intolerância à Lactose: Tudo o que você queria saber e ninguém tem paciência para explicar

intolerância-1

Júlia, 19 anos, intolerante há um ano e meio. Eu sei que essa não é uma rodinha do grupo de ajuda dos Intolerantes Anônimos, mas achei digno começar o post assim, justo porque há pouco mais de um ano que eu me comprometi em abandonar todas as coisas gostosas e comestíveis desse mundo. (finja que não leu a minha receita de bolo no palito).  Se você suspeita ser ou é intolerante ou tem algum conhecido que sofre do probleminha saiba que acaba de encontrar uma grande amiga. Sim, porque depois que eu descobri a minha intolerância, nunca precisei me virar tão sozinha. É incrível como informações sobre este assunto são complicadas de serem encontradas, sofri para encontrar bons nutricionistas e bons gastros que esclarecessem minhas dúvidas. Passei muito tempo sobre os efeitos das cólicas e desconfortos, mas acho que, antes que você sofra mais, eu posso te ajudar a se ajudar. Você pode nem saber, mas mais de 50% da população mundial tem Intolerância à Lactose e nem sabe, nem vai saber. Uma dorzinha de barriga aqui, um desconfortozinho ali e dá para viver normalmente. Mas e quando isso já se torna desesperador? A primeira coisa que te indico é: procure um gastroenterologista, expresse sua queixa e peça para fazer um exame. Descobrindo a intolerância volte a este post e leia até o final. (prometo que vai ter comida!)

Continuar lendo