DIY: Home Office com prateleiras

Ei, você que está chorando por aí porque já viu quinhentos mil home offices lindos no pinterest e não tem dinheiro para comprar os móveis na Tok&Stok e começar a montar o seu: Toma aqui um lencinho.
Depois que nos mudamos de casa e que passei a ter um quarto só para mim, o meu segundo sonho era ter um home office bem lindo para estudar (e trabalhar, porque a vida não tá fácil, né?). Só que sempre achava escrivaninhas muito caras que somadas ao preço da cadeira de escritório me renderiam uma bela jornada no SPC ou Serasa 😛 e como dívidas não eram as minhas motivações de vida, eu sempre saí adiando essa minha vontade, até que descobri uma maneira baratinha para começar a montar o meu cantinho de estudos e jobs.
Primeiro, comprei uma cadeira de escritório que custou uma pechincha nas promoções do sábado no supermercado EXTRA: R$150. OK, nem foi tão pechincha assim, mas achei o preço bem justo para o que ela oferecia: além de ser muito bonita ~~~ a la executiv ~~ é super confortável e possui mais de um ano de garantia. Depois, descobri umas prateleiras velhas que tinham na casa de Thiago, o boy, para construir uma mesinha de trabalho, pedi emprestado uma furadeira com o meu tio (pelo amor de Deus gente, todo mundo tem um tio que tem uma furadeira), comprei os materiais que faltavam e PAM! nasceu meu home office. Calma, vou te ensinar como tudo aconteceu para você sair dessa vida de chorona a espera de um black friday que faça sua mesinha custar 50 reais como a minha:

final4

Para construir a sua mesinha você precisa de:

. Prateleiras – Eu usei duas, uma maiorzinha que ficou como principal e uma outra um pouco menor, que ficou como apoio.
. Suportes para prateleiras – São dois suportes para prateleiras, então é só fazer as contas: se você vai usar uma prateleira, são dois suportes; se você vai usar duas, são quatro.
. Parafusos – O número de parafusos varia de acordo com os furos do suporte. No meu caso, cada suporte tinha 4 furos, então precisei de 16 parafusos.
. Trena/Fita métrica – Para medir a altura que você quer que fique, assim como para medir a distância entre um parafuso e outro.
. Lápis – Para fazer as marcações nos locais que vão ser furados (parede e prateleira)
. Furadeira – Para furar os locais marcados dos parafusos.
. Chave de Fenda – Para apertar os parafusos.

Comprei os materiais no Atacado dos Presentes do bairro da Torre e o total, como falei lá em cima, foi R$50 reais: R$10 de cada suporte e mais R$10 dos parafusos.

Dica: O lado negativo de uma escrivaninha com prateleiras é que ela vai ficar grudada na parede, ou seja, vai ser bem difícil você mudar o local. O ideal é que você escolha uma parede que ache perfeita para o home office, com boa iluminação, ventilação, etc. Assim, você não se arrepende depois do local escolhido.

Depois de tudo compradinho e parede escolhida não tem muito ritual não. Agora é só demarcar os lugares com o lápis, medindo tudo bem certinho (altura do chão para o local que você quer que fique) e os locais dos parafusos. Ah, uma outra dica: É bom que você esteja sentada na cadeira que vai ficar lá, porque você pode medir direitinho e no final das contas não vai ficar nem alto e nem baixo para você. Uma outra coisa importante é pedir a ajuda de alguém na hora de fazer as marcações para que a prateleira fique bem rente com a parede e não ficar troncha no final!

“Modo de preparo”:

. Faça as marcações dos locais que os parafusos vão ser encaixados com a ajuda da trena/fita métrica e lápis;
. Fazer os furos com a furadeira no local indicado pelas marcações (Eu não soube furar, então pedi ajuda a Thiago!);
. Posicionar o suporte nos furos da prateleira e, por cima, apertar os parafusos;
. Posicionar a prateleira, já com o suporte, sobre os furos da parede e apertar os parafusos por cima.

foto1

foto2finalfinal2final3parede

É isso, gente! Tentei fazer o tutorial de forma bem didática, mas se mesmo assim tiverem alguma dúvida, podem perguntar nos comentários, no facebook, por e-mail, twitter, instagram, snapchat e até pela sua coruja, mas perguntem ❤

E se você gostou do post, curte ele aqui abaixo!
Beijo,
Jú.

DIY: Marcador de páginas

marcador,-foto-1

 

Quem me conhece sabe o quanto eu gosto de ler. Vez por outra ando lendo histórias repletas de fantasias e romances chorosos. Para mim, uma boa história e um bom café são coisas inegáveis, é quase uma ofensa negá-los (principalmente se vierem juntos). Então, para retratar essa minha paixão por leitura, o post de hoje é mais do que especial. É um DIY de marcador de páginas em formato de Cupcake para você fazer sozinha, sem ajuda de ninguém!  Gente, sério mesmo, é super facinho de fazer e fica lindo!

Primeiro, separe os materiais necessários. Você vai precisar de:

10425406_680586642030643_5838828564251448298_n

 

Tudo o que a gente precisa sempre tem em casa, né? Um pedaço pequenininho de cartolina ou qualquer papel um pouco mais durinho serve. Depois de separar os materiais, recorte as cartolinas segundo os moldes abaixo:

foto-2

 

Repare que depois de recortar, usei a canetinha cor de rosa para fazer bolinhas na cartolina que ficou em formato de nuvem, esta será a parte do “recheio” do nosso cupcake.

Corte um outro pedaço de cartolina para fazer o apoio da parte de trás do cupcake, esse apoio vai segurar a página que você deseja marcar. A dica é prender o pedacinho de cartolina apenas pelas extremidades, porque assim a parte do meio, onde a página se encaixa, fica livre.

foto-3

Pronto, agora é só terminar de colar as ouras partes do nosso cupcake, você pode usar fita adesiva ou cola, você escolhe.

Agora é só ser feliz, vê só como o resultado final é legal e bem útil:

10373489_680589265363714_55202068722388384_n

10402434_680590572030250_1005005587889291525_n

marcador,-foto-1

 

Gostou? Então comenta aqui embaixo e deixa seu like. Se fizer o seu marcador também, manda fotos para mim, vou adorar conferir! ❤

Decorando com palavras

Decorar não é uma tarefa fácil. Para algumas pessoas, existe algo lindo em usar a imaginação para criar ambientes mais confortáveis, para outras, isso está extremamente fora de cogitação. Mas mesmo para as pessoas que não tem tanta intimidade assim com a criatividade, viver em um ambiente amável não deixa de ser algo realmente necessário. O melhor exemplo disso é sempre precisarmos de conselhos, a gente tem um coração confortado quando recebe palavras de carinho, né? Mesmo as pessoas que não sabem dar conselhos, se sentem melhores quando recebem de alguém que faz isso muito bem! Então, que tal juntar as palavras, nossas maiores confortadoras, e usá-las a favor de viver um ambiente também mais confortável? Ou seja, usar palavras na decoração? Além de ficar lindo, motiva a gente a seguir a mensagem do que está escrita.

Separei, para você se inspirar, algumas decorações que usam palavras. Vê que mimo:

7c3494d231770ff2131e8de7772370b8

2edce9736ed23766fbf4865ba0838b81 0143abd7998ea430af46f700c9ccf9113216ed486446238472884221b59f55e23c0c59347b6d60f314e0f2a4689ffba1   851849cec43e7016efec65b29546eb19 b293eb15815b7998a0b455a81cc1d308f45d1cf4a9e9a371e4f2f413fdff4d49 b650502e99050ee6711435eacc0d6e8aMassa, né? Vai começar a inserir na decor da sua casa quando? 🙂  Encontrei tudo, aqui.